Nossas trufas

Trufa Branca com Castanha

Branca com Castanha

Brancas... como as diáfonas manhãs de sonhos que acordam as cordas dos relógios. De lembranças que visitam lugares do passado em que perdure o mesmo sabor... a mesma promessa inconfessável.

Saiba mais
Trufa de Café

Café

Abre a janelas com filtros de infinitas cores e aromas. No paladar portas para os sentidos, revelando a passagem para o sonho, a fantasia e o prazer: sem culpa de se entregar ao deleite.

Saiba mais
Trufa de Cereja

Cereja

Cereja, a cor da paixão... Colore a face de quem se deixa inebriar pela combinação do desejo e do pecado! Empresta a cor a quem se veste de volúpia! Empalidece o pudor!

Saiba mais
Trufa de Champanha

Champanha

Saiba mais
Trufa de Coco

Coco

Saiba mais
Trufa Crocante

Crocante

Crocante... uma palavra que estala no céu da boca construindo em nossa memória a lembrança de uma receita feita por mãos que velam um segredo inadvertidamente esquecido numa gaveta qualquer. Dela sabe-se apenas que os ingredientes possuem a mesma combinação das promessas sussurradas ao ouvido.

Saiba mais
Trufa de Limão

Limão

Gosto de travessura de segredos impronunciáveis. Do improvável, do inusitado... do que é contrário aos costumes, do que é arredio a trama que tece a textura do cotidiano.

Saiba mais
Trufa de Laranja

Laranja

Saiba mais
Trufa de Limão

Maracujá

Traz o sabor da experiência dos dias de sol... da alegria incontida de crianças esquecidas das horas. É uma mensagem velada, dentro de outra mensagem, que se diz escrita por reminiscências doces.

Saiba mais
Trufa Sabor Meio Amargo

Meio Amargo

Constrói catedrais de palavras que tocam o teto do céu. Sabor que acorda os sentidos, brinca com a imaginação, cala nossas dúvidas e empresta seu doce ao dia.

Saiba mais
Trufa de Nozes

Nozes

Faz nos refém dos sentidos... e quando distraídos brinca com nossa imaginação, enche as horas de significado e coloca na face um sorriso capaz de tingir o dia de alegria.

Saiba mais
Trufa Tradicional

Tradicional

Entre uma mordida e outra fica a expectativa... a ânsia de também experimentar o sabor através da combinação de palavras. Momento que nos põe a pensar em coisas que faríamos diferentes... que diríamos diferente. De se dizer poeta... de descobrir ser um outro diferente da imagem do espelho... mas a semelhança daquele gosto e textura.

Saiba mais